Foto: W. Quatman, Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Carta Protesto da ASCEMA-AM em Relação à Substituição da SUPES/AM

[10/10/16]

ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA CARREIRA DE ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE-ASCEMA/AMAZONAS

A Vossa Excelência Senhor José Sarney Filho

Ministro do Meio Ambiente

Ao cumprimentar Vossa Excelência, a ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA CARREIRA DE ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE DO AMAZONAS, ASCEMA/ AM encaminha resultado de reunião realizada em 28/09 na sede da Superintendência do IBAMA/AM.

Os servidores do IBAMA/AM vem a público manifestar insatisfação e indignação com o processo de sucessão do cargo de Superintendente ocorrido recentemente.

Os servidores haviam enviado, anteriormente à nomeação, duas cartas ao Ministro do Meio Ambiente (13 de julho e 01 de agosto de 2016) em que se manifestaram contrários à substituição, mas que caso esta fosse necessária que a superintendência fosse assumida por servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente

Os servidores entendem que o cargo de superintendente do IBAMA requer aptidão, capacidade técnica e administrativa, dedicação, experiência e liderança, características e qualidades importantes para alçar resultados que contribuam com o cumprimento da missão dessa importante e renomada instituição. Entendemos que a gestão, por hora destituída, reunia essas qualidades. E que estas qualidades devem ser prerrogativas para qualquer novo servidor que venha a assumir o cargo de Superintendente.

É uma lástima que, para atender a anseios e negociações políticas, indicações superiores a cargos de chefias nas Superintendências do IBAMA não considerem a história e os méritos alcançados por servidores de carreira capacitados para assumir estes cargos com o comprometimento que o cuidado da Amazônia exige. A gestão destituída da SUPES/AM possuia qualidade e desempenho que contribuíram para importantes e positivos resultados alcançados pelo IBAMA e por isso obtiveram reconhecimento de outras instituições e também de seus pares.

É lamentável e revoltante que os trabalhos realizados com responsabilidade, conhecimento, competência e que apresentaram resultados efetivos de gestão não sejam reconhecidos pelos que estão à frente do Ministério do Meio Ambiente e do IBAMA. E é lamentável que a voz dos servidores não tenha sido ouvida em nenhum momento deste processo de substituição.

Diante do exposto, e considerando a importância de se valorizar o caráter meritocrático, a experiência técnica e administrativa e a carreira de servidores na ocupação de cargos à frente da pasta ambiental no Amazonas e Amazônia, vimos a Vossa Excelência exigir que o cargo de superintendente do Amazonas seja ocupado por: servidor de carreira de especialista em meio ambiente; que tenha experiência na área de gestão ambiental e amplo conhecimento de todas as áreas do IBAMA ( legislação ambiental, uso recursos naturais, fiscalização, licenciamento ambiental e administração pública).

Portanto pedimos que a ocupação do cargo de Superintendente no Estado do Amazonas seja de acordo com o perfil que vimos sugerindo, inclusive, com indicação de servidor de carreira da área ambiental, por entender que o Ibama tem um importante papel de Estado, na proteção do Meio Ambiente, bem de interesse público, como rege nossa constituição, devendo estar distante de barganhas político-partidárias.

Comunicamos à V.Sa que caso esta reivindicação não seja atendida imediatamente, no prazo de 10 dias, os coordenadores da DITEC (NEA, NUFAUNA,CETAS NUFLORA NUCOF, NUIN, NLA), a chefia da DITEC e do gabinete impreterivelmente entregarão os cargos, em caráter irrevogável.

Manaus, 03 de outubro de 2016.

DIRETORIA EXECUTIVA

ASCEMA/AM

Carta da ASCEMA AM (03/10/16).pdf