Foto: W. Quatman, Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Informes

Balanço Político-Institucional da Ascema Nacional – Gestão 2014-2017

15/09/2017

Entregamos em mãos aos servidores (link abaixo) uma avaliação da Diretoria da Executiva sobre o período o qual estivemos à frente da Ascema Nacional.

Buscamos com isso, a partir da experiência dos 3 anos de gestão, refletir sobre a realidade e natureza da própria entidade, sua forma de representação, estrutura, fóruns, modelo de gestão, relação com as entidades locais e os servidores em geral.

Também discutimos essa Gestão que ora se encerra visando a análise honesta, não uma discussão aritmética que elenca pontos positivos e negativos e depois tenta encontrar qual dos sinais prevalece no resultado, mas aquela que percebe a dinâmica concreta dos principais fatores e acontecimentos que influenciaram os rumos e os resultados, os avanços ou os retrocessos, as possibilidades e os limites, a partir das escolhas feitas e a sua correção ou não. Nosso interesse não é, como em geral ocorre, mostrar para o exterior aquilo que desejamos, como queremos ser vistos, ressaltando as virtudes e escondendo os problemas. Acreditamos com toda sinceridade no dever de sermos, acima de tudo, autocríticos e de encarar as críticas, desde que honestas, como constitutivas da vida saudável de uma entidade e fator incontornável para sua melhoria. Somos apenas parte de um processo mais geral e não o próprio processo, por isso não nos colocamos nem no centro, nem acima, nem à frente, mas dentro, como o elemento responsável por direcionar apenas uma parte do movimento no qual estamos inseridos.

Para atender aos anseios acima devemos optar por contextualizá-los. O ambiente e processos sociais são componentes obrigatórios para qualquer agremiação se situar e dar sentido à sua atuação. Enfatizamos bastante esse quesito, porque o Brasil de 2014 a 2017 passou pelos processos sociais mais importantes e críticos desde a promulgação da Constituição de 88. A marca da instabilidade, crises, conflitos, disputas percorreram todos os cantos e perpassaram todas as pessoas. Essa Gestão da Ascema Nacional enfrentou uma das maiores crises da história da República.

Vivendo um momento crítico da história, tentaremos trabalhar em uma avaliação da nossa entidade nacional imersa em um tempo que, pela dinâmica e magnitude dos acontecimentos, condensou décadas em poucos anos, demolindo a ordem política vigente desde a abertura democrática com a Constituição de 88 e rompendo os pactos sociais erigidos desde então

Navegar em mares revoltos, num encontro de tempestades, é uma tarefa hercúlea para uma pequena embarcação e sua tripulação. Sobrevivemos e, o que não é menor, cremos ter avançado no limite do que foi possível.

Leia abaixo o Balanço:

BALANÇO POLÍTICO-INSTITUCIONAL DA ASCEMA NACIONAL – GESTÃO 2014-2017.pdf

Veja outros Informes