Foto: W. Quatman, Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Notícias

NOTA PÚBLICA DA ASCEMA NACIONAL- RETIRADA DE BRIGADISTAS DO PREVFOGO DE CAMPO

Brasília, 22 de outubro de 2020

Sobre a notícia de que estaria ocorrendo a retirada dos brigadistas das atividades de combate a incêndios florestais, a ASCEMA Nacional.

Se o governo não repassa recursos, os servidores e os brigadistas não podem estar em campo, arriscando suas vidas sem o mínimo de suporte e garantias nem condições apropriadas de trabalho.

É mais um absurdo deste governo que não prioriza recursos para prevenção e combate às queimadas, fiscalização ambiental, ciência e tecnologia, saúde, vacinação da Covid-19 e etc. Um governo que rasga dinheiro com o fim do Fundo Amazônia e agora diz que não tem recursos.

Pra proteger a vida, propôs um auxílio emergencial ridículo de 200 reais, a pressão da sociedade e do Congresso Nacional triplicou o valor que já foi cortado pela metade pra 300 reais, o que empurra ainda mais pessoas pras ruas em busca de trabalho e renda.

Para garantir os investimentos no meio ambiente, na saúde e uma renda básica de cidadania permanente aos brasileiros que necessitam, por meio, por exemplo da ampliação do Bolsa Família e do Cadastro Único, seria preciso fazer uma Reforma do Estado brasileiro que não arrochasse os investimentos sociais, ambientais, culturais e a qualidade dos serviços públicos com a #PECdaRachadinha (32/20) e suas irmãs (186/19, 188/19).

Ao contrário, essa reforma deveria, no mínimo, extinguir o teto de gastos, tributar lucros, dividendos, iates, helicópteros, o agronegócio, o setor financeiro, taxar progressivamente a renda e o patrimônio dos mais ricos, incluindo as grandes fortunas e grandes heranças.

Para esverdear nossa economia, deveria desestimular a produção e o consumo que agridem a natureza e incentivar os que promovem a preservação. Outra medida importante seria cortar a parcela das remunerações “criativas” de membros da cúpula dos Três Poderes que ganham, por meio de vários penduricalhos, acima do teto constitucional.

Esses foram os pontos principais discutidos durante o último debate da TV ASCEMA e demonstram claramente a maldade, hipocrisia e incompetência do governo.

Mais informações:  http://estafaltandoverde.org.br/ e https://direitosvalemmais.org.br/

Veja outras Notícias